Plantação com 250 mil pés de maconha é encontrada pela polícia no norte da Bahia

 

Três roças que juntas somam 250 mil pés de maconha foram encontrada na quinta-feira (28), no município de Curaçá, norte da Bahia.

Segundo informações da Secretaria de Segurança Pública (SSP-BA), a plantação foi encontrada nas ilhas próximas de Ângico. Equipes da 45ª Companhia Independente de Polícia Militar (CIPM/Curaçá) e da Rondesp chegaram nas roças após incursões na região.

As plantações eram irrigadas por um sistema que captava água do Rio São Francisco, que foi destruído durante a ação policial.

Ainda de acordo com a polícia, algumas mudas foram retiradas para registro na Delegacia Territorial da região, e o restante foi arrancado e incinerado.

Uma mulher morreu ao tentar proteger seu filho de ser assassinado no município de Serrinha.




De acordo com o 16º Batalhão da Polícia Militar (BPM), o crime aconteceu na madrugada desta sexta-feira, (29/01), e os autores ainda não foram identificados.

Uma idosa de 71 anos, identificada como Maria Araújo Cunha conhecida como ‘Marizinha’ e o seu filho identificado por Genilson Gomes dos Santos foram assassinados após terem sua residência invadida pelos assassinos.

O caso aconteceu por volta das 01h40, na Avenida Getúlio Vargas, Bairro Estação.

De acordo com relatos de um irmão da vítima, na ação, Maria Araújo Cunha, mãe de Genilson, tentou proteger seu filho se jogando na frente que também foi atingida pelos disparos.

Uma guarnição da CETO que compareceu no local, acionaram a Delegacia de Polícia e o Departamento de Polícia Técnica (DPT), que recolheu os corpos.







Homem morre após desabamento em pedreira na Bahia

 

Um homem morreu soterrado após desabamento em uma pedreira, na manhã desta quinta-feira (28), no bairro de Areia Branca, em Lauro de Freitas, cidade da região metropolitana de Salvador. De acordo com o Corpo de Bombeiros, uma pedra grande caiu em cima da retroescavadeira que estava sendo operada pela vítima.

 Ainda de acordo com os bombeiros, viaturas foram encaminhadas para o local para a retirada do corpo do homem, que foi esmagado. A identidade dele não foi revelada. A Defesa Civil de Lauro de Freitas também foi encaminhada ao local.

Mulher acusada de mandar matar o pai para herdar fazenda na Bahia é presa mais de 22 após o crime

 

Uma mulher condenada a 16 anos de prisão em regime fechado por matar o pai há 23 anos para herdar uma fazenda, foi presa na manhã desta quinta-feira (28) em Jequié, sudoeste da Bahia, município onde o crime aconteceu. A informação é da Polícia Civil da região.

De acordo com a polícia, a mulher só foi presa após condenação ocorrida no final de 2020, quando ela passou por júri popular.

Segundo a delegacia responsável pelo caso, a mulher contratou um homem por R$500 para matar o pai, Agenor Pales Novaes, na noite do dia 30 de junho de 1998. Segundo a policia, ele foi morto asfixiado.

As investigações revelaram que a mulher queria, além de ficar com uma fazenda, receber os lucros da propriedade que pertencia a Agenor. O suspeito de executar o crime, segue foragido.

Durante almoço em Brasília, Bolsonaro manda imprensa enfiar no rabo as latas de leite condensado

 

O presidente Jair Bolsonaro rebateu, durante evento nesta quarta-feira (27), as críticas da compra milionária de seu governo com alimentação e pontuou que a compra não foi destinada apenas para a presidência da República, mas sim para atender o Exército e ministérios, como os da Cidadania e Educação.

“Quando eu vejo a imprensa me atacar, dizendo que comprei 2 milhões e meio de latas de leite condensado, vai pra puta que eu pariu, imprensa de merda! É pra enfiar no rabo de vocês da imprensa essas latas de leite condensado”, disse Bolsonaro.


Participaram do almoço em uma churrascaria de Brasília, os cantores Netinho, Naiara Azevedo, Amado Batista e Sorocaba, o pai do jogador Neymar, além dos ministros Tarcísio Freitas (Infraestrutura), Gilson Machado (Turismo), Fábio Faria (Comunicações) e Ernesto Araújo (Relações Exteriores).

Prestes a ser cremada viva, idosa é salva pela filha na Argentina

Sanatório La Sagrada Familia, unidade de saúde onde idosa foi dada como morta ainda viva em Resistencia,
na Argentina | Foto: Google Street View

Uma idosa de 84 anos quase foi cremada viva após um erro em um hospital em Resistencia, na Argentina, no domingo (24). Somente durante o velório, com o caixão já prestes a ser levado ao forno crematório, uma filha descobriu que a mulher não estava morta.

Em entrevista ao jornal argentino “Clarín”, o chefe de comunicação da polícia local disse que a idosa foi levada no sábado a um hospital após relatar que não se sentia bem. Por precaução e pela idade avançada da mulher, os médicos decidiram que a paciente ficaria internada em uma unidade de tratamento intensivo (UTI).

No dia seguinte, ao visitar a mãe no hospital, a filha foi informada que a mulher sofreu uma parada cardiorrespiratória e morreu. Em seguida, a família preparou a cremação da idosa, ainda acreditando que ela realmente havia falecido.

Por causa do coronavírus, os corpos na Argentina são colocados em um caixão lacrado, com apenas um vidro permitindo que os parentes e amigos vejam o morto. Além disso, uma máscara é colocada sobre o rosto da vítima. Os funerais também ficam restritos a apenas uma hora, com presença somente das pessoas mais próximas.

E foi durante o velório, pouco antes da cremação, que a filha percebeu que a máscara sobre o rosto da mãe se movia.

A família, então, chamou uma ambulância e ligou para o hospital, que rapidamente constatou que a mulher ainda estava com os sinais vitais — fracos, mas ainda vivos. De acordo com o “Clarín”, com informações mais recentes das autoridades regionais, a idosa seguia internada em estado grave na terça-feira. O caso, agora, será investigado na Justiça local.

Negligência ou falta de rigor

Em entrevista ao “Clarín”, o presidente da Associação de Clínicas e Sanatórios do Chaco, Armando Frangioli, disse que problemas como esses costumavam ocorrer no século passado, quando havia menos recursos e, por isso, era preciso esperar 24 horas até que se autorizasse a cremação.

“Não creio que isso tenha ocorrido por más práticas. Pode ser negligência ou falta de rigor no controle médico”, apontou o especialista.

Moradores de Serrinha sofrem com constante falta de água: 'Descaso total'

 

Moradores da cidade de Serrinha reclamam dos transtornos causados pela constante falta de água. Na última semana, a reportagem do Portal Cleriston Silva – PCS – recebeu 24 reclamações sobre problemas no abastecimento. Aliás, essa relação entre consumidores serrinhenses e o serviço prestado pela Embasa (Empresa Baiana de Águas e Saneamento) é conflituosa e não é de hoje.

A situação é atual e fica ainda mais grave quando no meio de uma pandemia que exige medidas de higienização frequente dos espaços, das roupas e do corpo para garantir a saúde e prevenção contra um vírus que já matou quase 10 mil pessoas no estado. E mesmo no meio da pandemia, a cidade com mais de 81 mil habitantes convive com abastecimento irregular de água potável.

O autônomo Arthur Nascimento, de 56 anos, morador do bairro Urbis II, é um dos cidadãos que sofre com a falta de água na cidade. Sem o fornecimento da embasa, ele conta com uma cisterna própria para ter abastecimento em sua casa e ajudar alguns vizinhos. São muitos os relatos de pessoas que já passaram 15, 17 e até 20 dias sem ver uma gota sequer saindo de suas torneiras - mesmo com as contas pagas em dia. 

"A última vez que caiu água aqui faz 15 dias na sexta-feira (29) e sabe lá Jesus que dia vai cair. A situação é horrível e, para piorar, a comunicação da Embasa é zero. Mesmo quando tem algum dano no encanamento ou problemas nos poços eles não avisam, não dão um informe para a população ficar atenta", disse.

Como se já não fosse o bastante, a falta de água não é o único problema: até quando cai, a população que mora na parte alta do bairro sofre. É que quando a água chega não tem força suficiente para encher as caixas. "Aqui na Urbis a água só cai dois dias. E tem outra, primeiro tem que encher tudo lá em baixo para depois chegar na parte alta. De repente, quando começa pingar aqui, vai embora", conta.

A manicure Elaine Cristina, de 28, mudou para o bairro Cidade Nova há seis meses e esperava ter uma vida nova e não ter que ficar por até 15 dias sem água. Ela tem sido obrigada a encher os galões de água na casa da mãe para fazer comida e matar a sede. Para o restante das atividades, a família tem que dar um jeito. "Para cozinhar estou comprando a água e não tem condição. A minha conta de água é cara e está em dia", conta.


Sem água não há como cozinhar, lavar roupas, limpar casa, usar o banheiro, matar a sede nem tomar banho. Em uma casa são dois adultos e três crianças. Louça e roupas sujas de cinco pessoas. Rosicélia Clarindo, de 44, que é moradora do bairro Novo Horizonte, tenta separar o que está acumulado e lavar apenas o que costuma utilizar com mais frequência. "Temos que tomar banho de canequinha, de balde. Não dá para viver sem água. Descaso total, porque você não está pedindo, não está se humilhando para ter esse serviço de graça. Você está pagando e, quando a gente paga, a gente quer ser bem atendido", reclama.

Já a vendedora Andréa Pereira, de 30, tem filhos pequenos e tem medo que uma hora não tenha sequer louças limpas para fazer comida. Ela conta que já procurou várias vezes o escritório local da Embasa, mas não conseguiu nenhuma resposta positiva. "Dizem que estão tentando ver se conseguem, que é problema disso, problema daquilo, mas nunca solucionam", afirma.

A técnica de enfermagem Lívia Cardoso, de 29, moradora do bairro da Rodagem, está na mesma situação. A rotina dela é puxada, com afazeres durante todo o dia desde muito cedo. E toda essa labuta não acaba nem na hora que chega em casa para descansar porque precisa ir a outra rua do bairro para buscar água na casa de uma amiga. 

"Eu sempre vou na casa de minha amiga para dar banho no meu filho e trazer água para casa. Estamos sem água até para beber. Um absurdo. Eu moro aqui há três anos e sempre teve esse problema. Sempre. É humilhante, muito triste e injusto. Como é que uma pessoa vive sem uma gota de água em casa?", questiona.

Com a pouca quantidade de água, tudo é racionado. Lívia conta que coisas simples como abrir o chuveiro são simplesmente impossíveis em sua casa. Tomar um banho com esse "luxo", custa o sacrifício de não poder lavar uma roupa ou um copo que seja durante quase uma semana. "A gente tem que economizar em tudo. Toma banho de caneca, lavar um prato do mesmo jeito. É algo insuportável", conta.

Apesar do problema com o abastecimento, as cobranças chegam em dia. Lívia conta ainda que já recebeu a fatura, no valor de R$ 63,00, para ser paga até o próximo dia 5 de fevereiro. Suas torneiras não viram uma gota de água sequer depois do dia 15 de janeiro de 2021.

Arthur diz que a sua última fatura veio com a cobrança de um valor referente a 18 m³ de consumo de água - o maior dos últimos 4 meses. Segundo ele, o último mês chegou a quase 20 dias seguidos sem fornecimento. O Portal Cleriston Silva não conseguiu contato com a Embasa.

MP considera regular conduta de Osni Cardoso em investigação que apurava prática de improbidade administrativa

 

O deputado estadual Osni Cardoso, ex-prefeito de Serrinha, teve sua conduta considerada regular em investigação que apurava eventual prática de improbidade administrativa pela publicação de uma revista local, com suposta promoção pessoal, enquanto esteve gestor do município, em 2010.

Segundo manifestação da 4ª Promotoria de Justiça de Serrinha/BA, "foi promovido o arquivamento do Inquérito Civil Público, que apurava eventual prática de ato de improbidade administrativa pelo ex-Prefeito Municipal de Serrinha, Osni Cardoso de Araújo, tendo em vista a publicação de revista local, em novembro de 2010, com suposta promoção pessoal”.

“Trata-se de mais uma legítima evidência de que a gestão do deputado Osni Cardoso, enquanto prefeito do município de Serrinha/BA, foi orientada pela prevalência do interesse público, sempre praticando regulares atos administrativos em prol daquela municipalidade”, esclarece Adriano Figueiredo, advogado do parlamentar.

O deputado comemorou a decisão e deixou claro que sempre buscou atuar de forma séria e comprometida com o povo de Serrinha. "Sigo com a consciência tranquila e acreditando que fiz gestões justas e íntegras, visando o bem comum e buscando melhores condições de vida para o povo da minha amada Serrinha. Sempre acreditei que tudo seria devidamente esclarecido, a verdade dos fatos apareceria e a justiça seria feita.", afirmou Osni. (Fonte: assessoria de comunicação)

PP fecha com Zé Cocá em disputa por presidência da UPB

 

O PP decidiu retirar as seis candidaturas de prefeitos do partido à presidência da UPB (União dos Municípios da Bahia) para unificar a disputa apenas em Zé Cocá, prefeito recém-eleito de Jequié, ex-deputado e ex-prefeito de Lafayete Coutinho.

Depois de uma avaliação em conjunto com o presidente estadual e vice-governador João Leão de que seria melhor apostar num único nome para melhorar as condições de competitividade do partido pela presidência da entidade, Cocá, ele e os demais candidatos foram ao governador Rui Costa (PT) apresentar a decisão da sigla.

A partir de agora, a idéia é que Cocá trabalhe seu nome junto aos demais partidos da base e mesmo da oposição sob o plano de montar uma chapa única para concorrer à sucessão na UPB, hoje presidida por Eures Ribeiro (PSD).

Especulado como nome para a disputa, Adriano Lima, prefeito de Serrinha, foi oposição a Rui Costa durante o pleito municipal. O prefeito de Salvador, Bruno Reis, tinha revelado apoio a Lima.

Além dele, outros quatro prefeitos se lançaram na disputa pela presidência da UPB pelo PP: Dr. Pitágoras (Candeias), Ricardo Mascarenhas (Itaberaba), Chepa Ribeiro (São Félix do Coribe) e Marcão (Santana).

Homem é conduzido à Delegacia de Valente acusado de ferir cachorro a golpes de facão

 

A Polícia Militar de Valente apresentou à Delegacia de Polícia local na manhã desta terça-feira, 26, um homem conhecido por “Moiado”, residente na comunidade rural Manoel Lagoa, na região do Distrito Santa Rita de Cássia.

Informações que chegaram a redação do Calila Notícias dão conta que no último domingo, ‘Moiado’ teria chegado em casa embriagado dizendo que ia matar o seu cachorro, um filhote de aproximadamente 6 meses e em seguida logo deu vários golpes de facão na cabeça, pescoço e nas costas do animal, inclusive perdeu um olho.

De acordo com Ana Maria Carneiro S. Guimarães, ex-presidente da Associação dos Protetores dos Animais (APA) o cão ficou sofrendo de dor, sem assistência, sem remédio, na casa da mãe do agressor até o momento do resgate.

Segundo informações colhidas no local e no momento do resgate, esse já é o segundo caso, ou seja, há relato que Moiado já matou outro cachorro dessa mesma forma, um filhote menor que esse.

Alguns defensores animais de Valente receberam a denúncia segunda à noite, dia 25, e hoje pela manhã com apoio da Guarnição do Segundo Pelotão de Valente foram até à localidade, resgataram o cãozinho que devido aos ferimentos necessitou ser internado, foi levado para uma Clínica Veterinária em Conceição do Coité, onde está internado para tratamento e devendo passar por cirurgia.

Depois de socorrer o cachorro, houve o registro do Boletim de Ocorrência na Delegacia de Valente, o suposto agressor foi ouvido na Delegacia, mas negou o crime, como não foi detido em flagrante acabou sendo liberado em seguida. O processo seguirá para o Fórum.

Em contato com nossa redação Ana Maria e a empresária Rosângela Barbosa A. Lima, enquanto defensoras, afirmam que tem várias testemunhas que ‘Moiado’ feriu covardemente o cachorro e querem, ao final do Processo, provado a culpa, que ele pague pelo crime, que fique proibido de criar animais domésticos, que pague as despesas da cirurgia e internação, e demais punições segundo a Lei 1095/2019 de Maus Tratos Animais.


Homem é morto a tiros após ter casa invadida por encapuzados em São Domingos; esposa dele também é baleada

 

Deivison Alexandre Santos da Silva, de 28 anos, foi morto a tiros após ter a casa invadida por indivíduos encapuzados, na Praça do povoado Santo Antônio, zona rural do municicípio de São Domingos, na região sisaleira da Bahia. De acordo com a polícia, a esposa dele, identificada como Roseane da Silva Oliveira, de 23 anos, também foi baleada e foi socorrida para o hospital da cidade. Não há informações atualizadas sobre o quadro de saúde da mulher. Conforme a Polícia Militar, o crime aconteceu na madrugada desta quarta-feira (27), por volta das 2h30. A autoria e motivação ainda são desconhecidas. O caso deve ser investigado pela Polícia Civil local.

Petrobras anuncia reajuste de 5% na gasolina e no diesel a partir desta quarta-feira

 

A Petrobras vai reajustar o preço da gasolina e do diesel a partir de quarta-feira. De acordo com a estatal, o preço médio da gasolina vai subir R$0,10, para R$ 2,08. É uma alta média de 5,05%. O último aumento da gasolina foi anunciado no dia 18 de janeiro.

No caso do diesel, o avanço no preço médio é de R$0,09, alta de quase 5%, para R$ 2,12. Será a primeira alta do ano de 2021. O último aumento foi no dia 28 de dezembro. O reajuste ocorre em meio às especulações de que os caminhoneiros podem iniciar uma greve no país em fevereiro.

Para a Petrobras, os valores têm como referência os preços de paridade de importação e, dessa maneira, acompanham as variações do valor do produto no mercado internacional e da taxa de câmbio, para cima e para baixo.

Segundo a Abicom, que reúne os importadores, o aumento anunciado pela estatal está aquém do necessário, prejudicando a concorrência. Para a associação, o reajuste deveria ocorrer com mais intensidade, de R$ 0,34 no diesel e de R$ 0,2310 na gasolina.

A estatal ressaltou, em nota, também que os preços da gasolina e do diesel vendidos na bomba dos postos revendedores é diferente do valor cobrado nas refinarias. Até chegar ao consumidor são acrescidos tributos federais e estaduais, custos para aquisição e mistura obrigatória de biocombustíveis pelas distribuidoras, além das margens brutas das companhias distribuidoras e dos próprios postos revendedores de combustíveis.

Bahia vacina mais de 100 mil baianos contra Covid-19

 

De acordo com a Secretaria de Saúde do Estado (Sesab), até às 14 horas desta terça-feira (26), a Bahia havia vacinado 100.268 contra o coronavírus (Covid-19), sendo um dos estados do País com o maior número de imunizados. O boletim epidemiológico divulgado nesta terça-feira mostra que na Bahia, nas últimas 24 horas, foram registrados 3.349 casos de Covid-19 (taxa de crescimento de +0,6%) e 3.499 recuperados (+0,6%). Dos 570.092 casos confirmados desde o início da pandemia, 549.704 já são considerados recuperados e 10.468 encontram-se ativos. 

Os casos confirmados ocorreram em 417 municípios baianos, com maior proporção em Salvador (22%). Os municípios com os maiores coeficientes de incidência por 100.000 habitantes foram: Ibirataia (11.513,85), Itororó (9.748,80), Itabuna (8.963,39), Muniz Ferreira (8.946,38) e Conceição do Coité (8.839,25).

O boletim epidemiológico contabiliza ainda 958.964 casos descartados e 135.614 em investigação. Estes dados representam notificações oficiais compiladas pelo Centro de Informações Estratégicas em Vigilância em Saúde da Bahia (Cievs-BA), em conjunto com as vigilâncias municipais e as bases de dados do Ministério da Saúde até as 17 horas desta terça-feira (26).

Na Bahia, 39.436 profissionais da saúde foram confirmados para Covid-19. 

Óbitos

O boletim epidemiológico de hoje contabiliza 34 óbitos que ocorreram em diversas datas.

Israel registra queda de 60% nas internações por Covid-19 entre maiores de 60 anos após primeira dose da Pfizer

 

País com programa mais veloz de vacinação contra a Covid-19 no mundo, Israel registrou uma queda de 60% nas hospitalizações de pacientes com mais de 60 anos três semanas após a aplicação da primeira dose do imunizante da Pfizer/BioNTech, de acordo com uma provedora de saúde israelense.

Segundo estudos clínicos, a vacina começa a ter efeito no organismo um mês após a primeira dose. No entanto, a provedora de saúde Maccabi informou que o imunizante provocou uma queda nas hospitalizações apenas três semanas depois da primeira fase de vacinação.

Em meados de janeiro, o Ministério da Saúde israelense já havia anunciado que uma redução de 50% nas infecções registradas 14 dias após a aplicação da primeira dose, segundo o jornal "Times of Israel". Além disso, a própria Maccabi já havia projetado, com base em dados preliminares, que o início da campanha de vacinação causaria uma queda de cerca de 60% nas hospitalizações. Mas ainda não estava claro se os efeitos da vacina foram igualmente relevantes entre aqueles que têm propensão a desenvolver sintomas leves da Covid-19 e aqueles que tendem a manifestar sintomas graves.

Agora, a Maccabi afirma ter observado uma redução de 60% nas hospitalizações de pessoas com mais de 60 anos, que tendem a desenvolver formas mais severas da doença, no 23º dia após a primeira dose, dois dias após a aplicação da segunda. De maneira geral, a queda nas internações começa a ser observada a partir do 18º dia após a primeira fase de vacinação, diz ainda a provedora.

Diretora de doenças infecciosas do maior hospital israelense, o Sheba Medical Center, Galia Rahav pontua, porém, que a queda observada pode resultar também do comportamento de muitos recém-vacinados de aderir às regras de lockdown após a primeira dose do imunizante. Mas ela reconhece a importância dos novos dados.

Eles têm um impacto porque, em meio a altas taxas de infecção e à disseminação de novas variantes, é difícil ver em plano mais amplo como a vacinação está influenciando as coisas disse ela ao jornal "Times of Israel".

A pesquisa envolveu 50777 pacientes. O estudo comparou as taxas de hospitalização de antes e depois do início da vacinação, usando média móvel de 7 dias. No 13º dia após a primeira dose, a taxa de infecção entre pessoas com mais de 60 anos vacinadas foi similar à da população com mais de 60 anos em geral. Já no 23º dia, o número de infecções entre as pessoas com mais de 60 anos em geral (18) foi três vezes maior do que entre as pessoas com mais de 60 anos vacinadas (6).

Vídeo: Socorrista se desespera ao tomar vacina contra Covid-19 e desmaia

 

Um vídeo com uma cena curiosa circulou nas redes sociais nesta sexta-feira (22). Um socorrista do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) se desesperou no momento em que foi tomar a vacina contra a Covid-19 e chegou a desmaiar, tudo isso por ter medo de agulha.

Rodrigo José dos Santos, 38 anos, contou em entrevista que tem fobia de agulha e que essa não é a primeira vez que vídeos dele desesperados circulam na internet. O caso aconteceu na cidade de Itumbiara, no estado de Goiás.

O vídeo foi gravado por um colega de trabalho de Rodrigo. O profissional de saúde fez questão de pontuar que seu desmaio ocorreu devido à fobia de agulha, não em decorrência da vacina, inclusive o mesmo pediu para que a população se conscientize e tome o imunizante.


Desesperado, policial pede socorro durante ataque em São Marcos: “Pelo amor de Deus”

 

Um sargento da Marinha foi assassinado na manhã desta terça-feira (19) durante um tiroteio no bairro de São Marcos, em Salvador. O crime aconteceu na localidade conhecida como Coroado, por volta das 5h30. Ele estava acompanhado por um policial militar. 

A vítima foi identificada como Jeferson Jorge Santos da Silva, tem 29 anos e é militar da Marinha. O homem que estava com ele é soldado da Polícia Militar lotado no Batalhão de Guarda.

A imprensa teve acesso a áudios compartilhados no WhatsApp nos quais o policial, desesperado e chorando, pede socorro e diz que já estava sem munição. “Pelo amor de Deus, véi, alguém aqui, eu estou sem munição já. Eu peguei a arma do colo do parceiro aqui, mas já zerei. Pelo amor de Deus, alguém aqui. Rápido, véi! Eu tô sem munição já. (…) Meu parceiro está morto. Oh, meu Deus do céu”. 

Em outro áudio enviado pelo aplicativo de conversa ele diz: “Irmãos, alfa 11 aqui no Coroado. Pelo amor de Deus, me socorre aqui. Atiraram no cara, véi. Pelo amor de Deus, eles mataram o cara, véi. Eu estou sem munição”. “Tem um baleado, chega rápido aqui. Eu estou pedindo pelo amor de Deus, irmão”, implorou o policial. 

De acordo com informações da PM, quando chegaram ao local, as guarnições isolaram a área e entraram em contato com o PM. “O agente contou que quando eles passavam pela região em um veículo, foram recebidos a tiros e o militar, que pertencia à Marinha do Brasil, foi atingido não resistindo aos ferimentos. Foi identificado um homem que também ficou ferido”.

Ainda segundo a PM, o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) foi acionado pela equipe policial para prestar socorro ao indivíduo. O policial militar não ficou ferido na ocorrência.

Na ação, foram apreendidas uma pistola Taurus, calibre 380 e uma pistola Glock.40. A ocorrência foi registrada na Corregedoria Geral e no Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) juntamente com as armas e o policial militar.

Polícia procura terceiro envolvido no crime

O delegado Guilherme Machado, coordenador da 2ª Delegacia de Homicídios (DH/Central), anunciou, nesta terça-feira, a prisão de dois envolvidos na troca de tiros que vitimou o sargento da Marinha.

De acordo com a Secretaria da Segurança Pública da Bahia (SSP-BA), equipes da 2ª DH/Central estão em campo, realizando diligências para identificar o paradeiro do criminoso. 

Conforme a pasta, os dois comparsas que já foram presos estão custodiados em um hospital, para onde foram socorridos após também ficarem feridos no confronto. Bastante abalado, o policial militar, que estava em companhia do sargento, foi ouvido no Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), na manhã desta terça-feira. 

O soldado informou que ambos estavam num bar no Jardim Nova Esperança e na saída foram abordados por três mulheres que pediram carona. Depois de deixar as mulheres na localidade do Coroado, eles foram interceptados por traficantes e reagiram. Jeferson chegou a ser socorrido, mas não resistiu.

Lula se muda para a Bahia ainda neste semestre, afirma jornal

 

Após algumas incertezas, parece mesmo que o ex-presidente Lula (PT) vem morar para na Bahia. Segundo o jornal Tribuna na Bahia, o petista confirmou a amigos que vai mesmo se mudar com a esposa para terras baianas.

Ainda de acordo com a publicação, Lula deve participar das discussões de formação da chapa para as eleições do governo do estado em 2022. Ainda existe a possibilidade dele se candidatar para uma vaga no Senado, ou ainda à presidência.

Mãe mata e arranca língua e olhos da filha de 5 anos com tesoura

 

Um assassinato com requintes de crueldade chocou o Brasil neste começo de semana. Uma mulher matou a própria filha, de 5 anos, e arrancou os olhos e a língua da criança com uma tesoura. 

As informações são do portal TNH1 que apurou o caso com o 7º Batalhão da Polícia Militar de Alagoas. O crime aconteceu no Povoado de São Cristóvão, no sertão do estado. Quem acionou a polícia foi o avô da vítima, após a mãe se trancar no banheiro com a filha. 

Quando os policiais chegaram à residência, encontraram a menina morta e a mãe bastante transtornada. Os olhos e a língua da menina estavam ao lado do corpo.

A mulher foi identificada como Josimare Gomes da Silva, de 30 anos. A criança era Brenda Carollyne Pereira da Silva.

Segundo relatos, a mãe tem problemas psiquiátricos e estava muito agitada no momento. Por isso, o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) também esteve presente no local para leva-la ao Hospital Regional de Santana do Ipanema. Ela foi sedada e encaminhada à Delegacia Regional de Delmiro Gouveia.

A criança de apenas 5 anos foi morta a golpes de tesoura, segundo apurou inicialmente o Instituo Médico Legal (IML) que esteve no local junto com o 7º BPM.

Portais de notícias do estado alagoano relata que o pai da criança mora fora. De acordo com o THN1, a mulher está detida na Delegacia Regional Delmiro Gouveia. O caso será investigado pela delegacia da cidade de Maravilha.

Veja o vídeo do momento da prisão da mulher:


Instrutor de Auto Escola é assassinado em Riachão do Jacuípe

 

O instrutor de Auto Escola de Riachão do Jacuípe José Orbervan Carneiro, 46 anos, conhecido como ‘Moral’ foi baleado na noite desta segunda-feira, 25, após reagir a um assalto no Bairro Jatobá, ainda com vida foi socorrido para o Hospital Municipal mas não resistiu.

As primeiras informações dão conta que a vítima comprou um carro na cidade de Capim Grosso distante cerca de 80km de Riachão e estava dando uma volta pela cidade na companhia de um jovem de prenome Gabriel que estava dirigindo quando chegaram dois indivíduos de moto anunciando o assalto.

Gabriel teria saído de dentro do veículo com as mãos pra cima, enquanto ‘Moral’ foi de encontro ao bandido na tentativa de evitar o assalto e acabou sendo alvejado. Os criminosos fugiram sem levar o veículo.






Moradores encontram caixão com corpo em estrada de cidade na Bahia

 

Um caixão que era transportado em um carro funerário caiu quando o veículo passava em uma estrada que liga as cidade de Correntina e São Desidério, no oeste da Bahia.

O caso aconteceu no sábado (23). A prefeitura de Correntina informou que o motorista do carro funerário não percebeu a situação. O corpo [de um homem] foi encontrado por algumas pessoas que estavam no local. A população pegou o número de telefone da funerária, que estava em um papel preso no caixão, e ligou para o estabelecimento.

O corpo tinha identificação por nome, foto e uma etiqueta do Hospital Geral do Oeste, que fica em Barreiras, a cerca de 166 km de Correntina.

O corpo que estava vedado com um plástico tinha uma identificação sobre risco onde estava escrito “risco biológico classe III Covid-19”. Apesar do aviso, não há confirmação se o homem morreu vítima de complicações do coronavírus.

De acordo com o órgão municipal, os funcionários da funerária acionaram a equipe que fazia o transporte, que voltaram ao local e pegaram o caixão.

Em nota, o Hospital Geral do Oeste confirmou que o corpo do paciente foi retirado da unidade de saúde e informou que questões como contratação de funerária encarregada de realizar o transporte do corpo, velório e sepultamento são de responsabilidade da família.

Após denúncia anônima, PM encontra 74 frascos de lança-perfume em barbearia de Conceição do Coité

 

A Polícia Militar prendeu um jovem identificado como Alisson Felipe Silva Ramos, de 19 anos, e apreendeu 74 frascos de lança-perfume, em Conceição do Coité, região sisaleira da Bahia, no fim da noite de segunda-feira (25). Segundo a PM, a droga sintética foi encontrada na barbearia onde o jovem trabalha, no povoado Santa Rosa, após denúncia anônima. 

No local, os policiais também encontraram uma porção de maconha e outra de cocaína, informou a PM. Conforme a polícia, Alisson contou aos militares que havia comprado os frascos de lança-perfume na cidade de Feira de Santana. O jovem foi encaminhado à central de flagrantes da Polícia Civil no município de Serrinha, onde o caso foi registrado.

Datafolha: 69% dos brasileiros que receberam Auxílio Emergencial não encontraram outra fonte de renda para substituir benefício

 

Pesquisa Datafolha divulgada nesta segunda-feira (25) pelo jornal “Folha de S.Paulo” mostra que 69% dos brasileiros que receberam o Auxílio Emergencial do governo não encontraram outra fonte de renda para substituir o benefício, que acabou ao final do ano passado.

A pesquisa também questionou se os entrevistados pediram o benefício. As respostas foram: 40% sim; 60% não. Entre os entrevistados que pediram o Auxílio Emergencial: 1% receberam 1 parcela; 2% receberam 2 parcelas; 6% receberam 3 parcelas; 8% receberam 4 parcelas; 19% receberam 5 parcelas; 12% receberam 6 parcelas; 8% receberam 7 parcelas; 16% receberam 8 parcelas; 18% não receberam nenhuma parcela; 10% disseram não saber.

Os entrevistados também foram perguntados se economizaram dinheiro para quando o Auxílio acabasse. Veja as respostas: 38% sim; 62% não.

Foi perguntado ainda se o entrevistado ja parou de receber as parcelas. Confira: 89% sim; 11% não.

A pesquisa Datafolha foi realizada entre os dias 20 e 21 de janeiro de 2021, com 2.030 pessoas, por telefone. A margem de erro é de dois pontos percentuais, para mais ou para menos.


Bahia ultrapassa 75 mil vacinados contra o coronavírus

 

Com 75.924 vacinados contra o coronavírus (Covid-19) até às 14 horas deste domingo (24), a Bahia é um dos estados do país com o maior número de imunizados. Os números foram ajustados em relação ao último boletim devido uma inconsistência identificada na base de dados do painel de vacinação.

Cabe esclarecer que o sistema oficial do Ministério da Saúde para o registro das doses vem sofrendo instabilidade, impossibilitando o lançamento em tempo real por parte dos municípios. Neste cenário, visando a transparência e o acompanhamento da vacinação em todo o estado, a Sesab realiza o contato diário com as equipes de cada município a fim de aferir o quantitativo de doses aplicadas.

Boletim

Na Bahia, nas últimas 24 horas, foram registrados 2.854 casos de Covid-19 (taxa de crescimento de +0,5%). Dos 565.320 casos confirmados desde o início da pandemia, 543.991 já são considerados recuperados e 11.472 encontram-se ativos. A base de dados completa dos casos suspeitos, descartados, confirmados e óbitos relacionados ao coronavírus está disponível em https://bi.saude.ba.gov.br/transparencia/.

Para fins estatísticos, a vigilância epidemiológica estadual considera um paciente recuperado após 14 dias do início dos sintomas da Covid-19. Já os casos ativos são resultado do seguinte cálculo: número de casos totais, menos os óbitos, menos os recuperados. Os cálculos são realizados de modo automático.

Os casos confirmados ocorreram em 417 municípios baianos, com maior proporção em Salvador (21,99%). Os municípios com os maiores coeficientes de incidência por 100.000 habitantes foram: Ibirataia (11.487,72), Itororó (9.709,55), Muniz Ferreira (8.892,48), Itabuna (8.875,22) e Conceição do Coité (8.804,72).

boletim epidemiológico contabiliza ainda 954.812 casos descartados e 135.024 em investigação. Estes dados representam notificações oficiais compiladas pelo Centro de Informações Estratégicas em Vigilância em Saúde da Bahia (Cievs-BA), em conjunto com as vigilâncias municipais e as bases de dados do Ministério da Saúde até as 17 horas deste domingo (24).

Na Bahia, 39.282 profissionais da saúde foram confirmados para Covid-19. Para acessar o boletim completo, clique aqui ou acesse o Business Intelligence.

Óbitos

boletim epidemiológico de ontem (24) contabiliza 30 óbitos que ocorreram em diversas datas..

A existência de registros tardios e/ou acúmulo de casos deve-se a sobrecarga das equipes de investigação, pois há doenças de notificação compulsória para além da Covid-19. Outro motivo é o aprofundamento das investigações epidemiológicas por parte das vigilâncias municipais e estadual a fim de evitar distorções ou equívocos, como desconsiderar a causa do óbito um traumatismo craniano ou um câncer em estágio terminal, ainda que a pessoa esteja infectada pelo coronavírus.

O número total de óbitos por Covid-19 na Bahia desde o início da pandemia é de 9.857, representando uma letalidade de 1,74%. Dentre os óbitos, 56,52% ocorreram no sexo masculino e 43,48% no sexo feminino. Em relação ao quesito raça e cor, 55,04% corresponderam a parda, seguidos por branca com 19,47%, preta com 14,74%, amarela com 0,63%, indígena com 0,13% e não há informação em 9,99% dos óbitos. O percentual de casos com comorbidade foi de 70,68%, com maior percentual de doenças cardíacas e crônicas (73,92%).

Dois homens suspeitos de envolvimento na morte de casal em Pé de Serra são detidos

 

Dois homens suspeitos de estarem envolvidos na morte de um casal em Pé de Serra, a 95 km de Serrinha, foram detidos. Conforme o site Jacuípe News, Gilson Carneiro dos Santos e Eduardo Reis Nascimento foram localizados pela Polícia Militar, no povoado Santo Agostinho, mesmo local em que ocorreu o duplo homicídio do casal.

Ainda segundo o site, ao ser questionado, Gilson confessou participação no crime e indicou o comparsa. Os suspeitos foram ouvidos e em seguida liberados, porque livraram o flagrante e não há mandado de prisão contra nenhum dos dois.

Entenda o caso - Um casal foi assassinado no povoado Santo Agostinho, zona rural do município de Pé de Serra, na quarta-feira, 20. De acordo com relatos, o crime teria ocorrido na presença da filha do casal de apenas oito meses.


Letícia Reis Souza, adolescente de 15 anos, foi encontrada dentro da casa onde morava com uma corda enrolada no pescoço e sem roupa. Já o esposo, Geovane Silva da Mata, de 23 anos, tinha ferimentos por arma branca e foi encontrado a poucos metros da residência.

A motivação ainda não foi esclarecida, no entanto, de acordo com informações iniciais, a adolescente estaria mantendo um outro relacionamento, com um homem ainda não identificado. O amante é suspeito de ser o autor do crime, mas a história não foi confirmada por nenhuma pessoa próxima das vítimas.

Geovane era conhecido nas redes sociais como cantor e se apresentava em espaços das regiões com música sertaneja. O caso segue sendo investigado pela Polícia Civil.

Serrinha ganha mais uma agência da Caixa Econômica


Será inaugurada em Serrinha na próxima sexta-feira (29) mais uma agência da Caixa Econômica Federal.

A nova agência da CEF está localizada na Av. Mário Andreaza no bairro do Ginásio.

Ainda segundo informações do radialista Werner Rodrigue, o banco Santander também virá para Serrinha e será instalado na Av. André Negreiros Falcão, próximo a praça Morena Bela.

Índia vai exportar vacina de Oxford para o Brasil nesta sexta-feira

2 milhões de doses são esperadas pelo governo brasileiroDivulgação/AstraZeneca

O governo da Índia liberou a exportação comercial da vacina de Oxford contra o Covid-19 e enviará as primeiras remessas para o Brasil e Marrocos já nessa sexta-feira, 22. A informação foi divulgada pelo secretário de Relações Exteriores da Índia. 2 milhões de doses são esperadas pelo governo brasileiro.

As vacinas desenvolvidas pela farmacêutica britânica AstraZeneca e pela Universidade de Oxford estão sendo fabricadas no Serum Institute of India, o maior produtor mundial de vacinas e que sofreu um incêndio na manhã desta quinta-feira, 22. De acordo com o instituto, a capacidade de produção não foi afetada.

“Respondemos positivamente aos pedidos de fornecimento de vacinas manufaturadas indianas de países de todo o mundo, começando pelos nossos vizinhos. O fornecimento das quantidades comercialmente contratadas também começará a partir de amanhã, começando pelo Brasil e Marrocos, seguidos da África do Sul e Arábia Saudita”, disse o ministro das Relações Exteriores, Harsh Vardhan Shringla

Brasil pode sofrer com ausência de vacinas para 2ª dose e efeitos da 1ª seriam cancelados

 

Os efeitos da vacina contra a Covid-19 podem ser perdidos pela possível falta da segunda dose, necessária para finalizar o ciclo. A previsão é do secretário executivo do Ministério da Saúde, Élcio Franco.

“É para o ciclo completo, primeira e segunda dose em cada cidadão que for imunizado, sob pena de nós perdermos a oportunidade de gerar a imunização que se espera e o cidadão não ficar protegido da pandemia”, disse em entrevista à CNN.

Ele estimou que, com as seis milhões de doses que o país tem atualmente, 2,9 milhões de brasileiros seriam vacinados.

Élcio afirmou que espera eficiência da fiscalização das autoridades de cada estado e município:

“Eles não podem vacinar 6 milhões de brasileiros por causa do ambiente de incerteza da segunda dose, em que a eficácia da vacina será garantida obedecendo esse intervalo (entre doses)”.

Homem e adolescente de 15 anos são mortos em Pé de Serra

 

Um crime bárbaro. É com essa hipótese que a Polícia Civil investiga as duas mortes que aconteceram no povoado de Santo Agostinho, em Pé de Serra, município localizado a 95 km de Serrinha. Uma adolescente identificada como Letícia Reis Souza, 15, e Jeovan Silva da Mata, 23, conhecido como "Geovane Aboiador", foram encontrados mortos.

A garota estava pendurada pelo pescoço quando foi encontrada por policiais militares dentro de sua casa. A primeira hipótese foi de suicídio, mas isso mudou minutos depois quando a mesma guarnição encontrou o corpo de Jeovan, com perfurações em decorrência de um possível ataque com arma branca. Os dois viviam uma união estável.

De acordo com a Polícia Militar, a equipe da Delegacia Territorial (DT) de Pé de Serra realizou levantamento cadavérico e instaurou inquérito para apurar autoria e motivação dos crimes.

A área foi isolada e o Serviço de Investigação em Local de Crime (Silc) acionado para realizar as perícias e as remoções dos corpos. A Companhia reforçou o policiamento na região com o Pelotão de Emprego Tático Operacional (PETO) realizando buscas e rondas, mas ninguém foi preso.

Apesar de Letícia ser menor de idade, ela vivia em união estável com Jeovan. O casal já esteve envolvido em inquérito policial de estupro de vulnerável por terem supostamente iniciado relações sexuais antes da adolescente completar 14 anos, porém conviviam desde então.

A reportagem conversou com vizinhos e parentes, porém ninguém viu nada suspeito durante a madrugada e ninguém soube apontar suspeitos. Investigações preliminares descobriram boatos de que a adolescente estaria mantendo um outro relacionamento, com um homem ainda não identificado. Esse homem é suspeito de ser o autor do crime, mas isso ainda não foi confirmado por pessoas próximas às vítima.

STF determina que Anvisa apresente dados sobre análise da vacina Sputnik V


O ministro Ricardo Lewandowski, do Supremo Tribunal Federal (STF), solicitou nesta quarta-feira (20) que a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) forneça informações sobre a análise do pedido de uso emergencial da vacina Sputnik V, feito pelo Governo do Estado da Bahia.

A Bahia fez o requerimento ao STF para que tenha a permissão para importar e distribuir vacinas que já tenham o aval de autoridades sanitárias estrangeiras e a certificação da Organização Panamericana de Saúde (Opas), mesmo sem a liberação da Anvisa.

Por falta de insumos, Sputnik V vira opção

“Considerada a afirmação do autor [governo da Bahia], feita na petição inicial, de que já foi requerida a autorização temporária para uso emergencial da vacina Sputnik V, informe, preliminarmente, a Agência Nacional de Vigilância Sanitária, no prazo de até 72h, se confirma tal afirmação e, em caso positivo, esclareça qual o estágio em que se encontra a aprovação do referido imunizante, bem assim eventuais pendências a serem cumpridas pelo interessado”, determinou Lewandowski.

A Sputnik V é desenvolvida na Rússia e já foi aprovada para uso emergencial em países como Argentina, Bolívia, Venezuela e Paraguai. Em agosto do ano passado, o governo da Bahia assinou um acordo com o Fundo Soberano Russo, que administra o desenvolvimento da vacina, para o fornecimento de 50 milhões de doses.

Bahia se aproxima de ‘sinal vermelho’ na ocupação de leitos de Covid-19

 

Com o aumento de 130% na média móvel dos casos de Covid-19 na Bahia, o estado atingiu a marca de 74% de ocupação dos leitos de Unidade de Tratamento Intensivo (UTI). Esse número é 1% a menos do ponto considerado “sinal vermelho”, que a partir de 75%.

De acordo com o secretário de Saúde do estado, Fábio Vilas-Boas, apesar da proximidade com o sinal vermelho, o número é considerado adequado.

“[O sinal] Vermelho é acima de 75%. A gente chega em 75, 76%, e faz um esforço grande para poder trazer para baixo. Hoje nós estamos com 74. Do ponto de vista médico, uma unidade de UTI que tenha 85 a 90%, é um número adequado. Menos que isso é desperdício de leito, mais que isso significa que a pressão de leitos é muito grande. Teoricamente, qualquer coisa abaixo de 85 a 90% é adequado”, explicou Vilas-Boas.

“Nós usamos uma margem de segurança porque não sabemos o que vai acontecer ao longo dos próximos dias, então nosso sarrafo é mais baixo, a gente trabalha com 75%”.
Com relação ao aumento de 130% na média móvel dos casso, que é estimada a partir dos infectados contabilizados em sete dias, o secretário atribuiu ao crescimento de casos que já era previsto entre o final de 2020 e o começo de 2021.

“Essa é uma elevação prevista. A gente já vinha sinalizando, que no final do ano passado, com os festejos de final de ano, as equipes entraram em feriado. No começo do ano, as equipes de vigilância dos municípios estavam sendo trocadas, então havia uma redução artificial das notificações que começaram a ser desovadas agora. Além disso, nós tivemos também um problema nos sistemas de comunicação, um problema de informática, que resultou no acúmulo, no começo do mês, de uma quantidade significativa de casos”, disse.

Ainda segundo Vilas-Boas, os indicadores principais de alerta para a Covid-19 estão sendo acompanhados pela secretaria.

“O mais importante, que a gente está acompanhando, são dois indicadores. São os indicadores da taxa de internação – número de pacientes internados, número de leitos ocupados – e taxa percentual de ocupação, que tem se mantido estável entre 70 e 76%. Sempre que passa 72% nós fazemos um esforço adicional para trazer o mais próximo de 70%. E o número de óbitos, que segue estável, em torno de 30 óbitos por dia, mais ou menos”.

No sábado (16), por exemplo, a Bahia registrou 5.832 novos casos de Covid-19 em 24 horas. Esse foi o segundo maior número desde o início da pandemia. O recorde do número de casos, dentro de 24 horas, ocorreu em 22 de julho, quando foram contabilizados 6.401 casos.

Apesar do crescimento de casos, a Bahia ainda não registrou reflexo no número de internações, conforme explica o secretário.

“Nós não estamos observando, até o momento, um aumento da taxa de internação. Mesmo que esse número de casos novos notificados e casos ativos seja o reflexo de um aumento de contágio do que aconteceu no final do ano, isso não se reflete em uma maior necessidade de internação, o que pode estar associado a pessoas mais jovens que estão respondendo com saúde adequada à infecção, não precisa internar”.