Prefeito de Biritinga, Celso da Sucam deixa servidores municipais passando dificuldade e com salários atrasados.

 

A atual gestão do prefeito Celso da Sucam trata com descaso e desrespeito os servidores do município de Biritinga a mais de 1 ano todo mês repetidamente atrasando os pagamentos.

Hoje, 12 de dezembro de 2020, os profissionais da educação, saúde e a administração ainda não receberem os seus vencimentos referente ao mês de novembro, e sabido que o prefeito, que não conseguiu se reeleger na última eleição, escolheu pagar algumas pessoas ligada a ele, ou seja, menos de 10% dos funcionários efetivo.

A pergunta é o que foi feito com esses cursos que entraram nos cofres do município, que Segundo o Demonstrativo de Distribuição de Arrecadação do Banco do Brasil, o município de Biritinga recebeu 5,8 milhões entre 01/11/2020 a 10/12/2020, o suficiente para pagar todos os funcionários municipais. O pagamento dos servidores deveria ter sido efetuado no maximo no dia 08 de dezembro, 5° dia util, mas não houve até o momento este pagamento.

No último dia 26/11/2020 houve uma reunião no ministério público por conta dos atraso do pagamento referente mês de outubro de alguns professores, porém o prefeito se comprometeu em pagar o salário de outubro em 30 de novembro e começar a pagar o salários referente a novembro, mas isso não aconteceu. Hoje dia 12/12/2020 os servidores estão sem seus salários com muitos passando sérias necessidades.

Essa não é a primeira vez que o gestor atrasa salários. O décimo dos funcionários que fazem aniversário também está atrasado (lei Municipal). Os vereadores do município mantêm-se calados diante de tal cenário.

“Gestão perseguidora, autoritária e irresponsável. Estamos a mercê nesse momento. Várias denúncias já foram protocoladas no MP (promotoria de Serrinha) e MPF (ministério público federal). Houve pedido de explicações, mas a gestão mantem-se irredutível. Estamos pedindo socorro a todos os órgãos de fiscalização. Estamos buscando chamar a atenção dos órgãos de fiscalização dos recursos públicos federais. Como pode uma gestão pública tratar como propriedade recursos federais? Os recursos pertencem a sociedade e a gestão tem que agir com legalidade e transparência”, afirmou a servidora municipal Arlete Brito.

Nenhum comentário:

Postar um comentário