Preso é flagrado por equipe de TV fugindo de cadeia


Um preso foi flagrado fugindo da cadeia pública de Guarapuava, na região central do Paraná, na manhã desta quarta-feira (30), pela equipe de reportagem da RPC. A fuga ocorreu por volta das 11h. O repórter cinematográfico Eduardo Andrade gravou o momento. Segundo o G1, a equipe de reportagem estava em frente ao Instituto Médico-Legal (IML) da cidade, quando começou uma movimentação na delegacia, localizada ao lado do IML. Segundo agentes do Departamento Penitenciário (Depen), o preso fugiu pela ala onde os detentos tomam sol. O fugitivo foi recapturado pela Polícia Militar e pelos agentes do Depen ainda nas proximidades da delegacia. Ninguém ficou ferido.

Mulher é presa transportando droga na cidade de Serrinha, destino era a cidade de Coité


Vitória Ribeiro Santos, de 20 anos, foi presa em flagrante por tráfico de drogas na noite desta terça-feira (29) em Serrinha, na região sisaleira da Bahia. Segundo a Polícia Militar, a jovem estava transportando quatro quilos de cocaína e um quilo de crack em um veículo fretado. Durante a abordagem, no bairro da Vaquejada, policiais da Companhia de Emprego Tático Operacional (Ceto) do 16º Batalhão encontraram as drogas na bagagem dela.

 Conforme a PM, a mulher confessou que transportava os entorpecentes de Feira de Santana para Conceição do Coité, onde entregaria o material a um homem de 24 anos. Diante das informações, os policiais foram ao local, que fica no Conjunto Habitacional Mário da Caixa, e prenderam Dheizon Costa Lopes. Uma balança de precisão e material para embalar drogas também foram apreendidos durante a ação. A dupla foi encaminhada ao plantão regional da Polícia Civil em Serrinha, onde o caso foi registrado.




Homens armados explodem agência em Jeremoabo; morador é feito refém

 

Um grupo formado por homens armados invadiu a cidade de Jeremoabo, no norte da Bahia, a 220 km de Serrinha, e explodiu a agência da Caixa Econômica Federal da cidade, na madrugada desta quarta-feira (30). Um morador da cidade, que estava em frente ao banco, contou que foi feito refém. Apesar da situação, ninguém ficou ferido.

"Eu cheguei aqui era 1h30. Estava sentado para tirar o dinheiro do salário. Então chegou uns 10 homens, me fizeram refém, eu e um rapaz de uma moto aqui e, no caso, eu só fiquei debaixo do tiroteio, sem poder correr, nem pedir socorro a ninguém. Eles explodiram o caixa, não tinha dinheiro, eles fugiram e deixaram a gente com vida", disse o morador.

Segundo o morador, os homens chegaram em dois carros. Os assaltantes dispararam diversos tiros. Projéteis foram encontrados pela cidade e marcas dos disparos de arma de fogo foram deixadas em carros estacionados próximos ao banco de Jeremoabo. A Polícia Militar esteve no local. Ninguém ainda foi preso.

Acusado de participação em assassinato é preso em Araci

 

Um homem de 19 anos foi preso na manhã desta terça-feira, 29, por de envolvimento em um assassinato na cidade de Araci, a 35 km de Serrinha.  O crime em questão aconteceu em outubro deste ano. A vítima, Márcio Lima de Miranda, 30 anos, foi morta com seis tiros. 

Segundo informações da Polícia Civil, o acusado preso nesta manhã aparece em imagens coletadas pela polícia, pilotando uma motocicleta usada no crime.  De acordo com o titular da Delegacia Territorial (DT) de Araci, Thiago Pessoa, o suspeito acusado de atirar em Márcio, já havia sido preso em janeiro de 2020. 

“O crime foi motivado por uma desavença relacionada a uma ex-namorada da vítima”, comentou. A arma usada também foi recuperada pela polícia.  Ainda conforme o órgão, o homem ficará à disposição da Justiça.

Segundo a Polícia Civil, jovem pilotou moto utilizada no crime. O suspeito de atirar na vítima foi preso em janeiro deste ano

Rui Costa é avaliado positivamente por mais de 84% dos baianos

 

Já no fim do seu sexto ano de mandato, o governador Rui Costa (PT) é avaliado de forma positiva por 84,2% dos baianos. Isso é o que aponta uma pesquisa realizada pelo instituto Paraná Pesquisas, sob encomenda do Bahia Notícias. Eles ouviram 2016 pessoas, espalhadas em 187 municípios do estado, entre 18 e 22 de dezembro.

Desse total, 25% dos entrevistados classificaram a gestão como ótima, 33,5% como boa e 25,8% como regular. Outros 14,2% avaliaram o governo como ruim ou péssimo, enquanto 1,6% não soube responder ou não opinou sobre a questão. Esse resultado mostra ainda que a taxa de aprovação do governo é de 74,6%. Por outro lado, 20,9% desaprovam a gestão petista.

O resultado é similar à avaliação que o governo recebeu sobre suas ações no combate à pandemia do coronavírus. O levantamento indicou que 70,7% dos baianos estão satisfeitos com a postura da gestão no enfrentamento à Covid-19 enquanto 23,6% não apoiam as medidas.

Pagamento do auxílio emergencial chega ao fim nesta terça sem previsão para 2021

 

A Caixa Econômica Federal (CEF) paga nesta terça-feira (29) a última parcela do Auxílio Emergencial a 3,2 milhões de pessoas. Isso encerra o calendário de pagamentos do programa, lançado em abril deste ano para apoiar trabalhadores autônomos e desempregados afetados pela pandemia. 

Ao todo, 68 milhões de brasileiros foram socorridos. Até o momento não há nenhuma indicação de que haverá um novo auxílio em 2021 ou lançamento de um novo programa social ou substituto do Bolsa Família. De acordo com o Ministério da Cidadania, em 2021, só serão efetuados pagamentos resultantes de contestações administrativas e extrajudiciais e de decisões judiciais.

 Parlamentares seguem defendendo a prorrogação do auxílio por dois ou três meses em 2021, por meio da ampliação do estado de calamidade pública, mas o ministro da Economia, Paulo Guedes, tem reafirmado que o programa irá acabar no final de 2020. Vale lembrar que, ao longo de janeiro, prossegue apenas o calendário de liberação de saques em dinheiro e transferências bancárias para os trabalhadores que até então só puderam movimentar a última parcela do auxílio através do aplicativo Caixa TEM.

Estudo indica que coronavírus pode diminuir tamanho do pênis

 

Um estudo parece ter encontrado uma nova sequela a longo prazo provocada pelo novo coronavírus: a diminuição do tamanho do pênis. A pesquisa foi publicada no domingo (28/12), na plataforma científica MedRxiv, e foi feito por voluntários e membros de um grupo de apoio que, desde abril, dedica-se a investigar os efeitos a longo prazo da Covid-19. A pesquisa, porém, ainda precisa ser revisada e, portanto, não deve ser usada para orientar a prática clínica.

Dos mais de 3 mil pacientes de 56 países, 3% dos homens relataram uma diminuição no tamanho de seu órgão genital, enquanto outros 15% deles relataram algum tipo de disfunção sexual e 11% relataram dor nos testículos. 

Nas mulheres, pode haver sequelas em seus ciclos reprodutivos. Do total, 26% das que menstruam relataram irregularidade nos ciclos e 36% relataram algum tipo de problema menstrual. Algum tipo de disfunção sexual também foi relatado por 8% delas.

Apesar da novidade, tanto no grupo de homens e mulheres, as sequelas mais comuns são as já previstas. Mesmo após sete meses de recuperação, de 75% a 80% (a depender da idade) relatou ainda sentir fadiga, até 75% relatou mal-estar pós-esforço e entre 52% e 59% pacientes informou algum tipo de disfunção cognitiva.

Se destacaram ainda a dificuldade de concentração (75%) e dificuldade de raciocínio (65%). Além disso, 73% dos pacientes relataram também algum tipo de problema de memória. Dentre estes, a maioria (65%) relatou problemas com a memória de curto-prazo e 35% teve problemas com memórias mais antigas.

"Uma das maiores descobertas para mim foi que não houve diferença na idade para a disfunção cognitiva, perda de memória ou impacto disso na vida diária! Isso aconteceu com tanta frequência no grupo de 18 a 29 anos quanto no grupo com mais de 70 anos", escreveu a pesquisadora Hannah Davis, uma das autoras do estudo.

Petrobras eleva diesel em 4% e gasolina em 5% nas refinarias a partir desta terça-feira

 

A Petrobras informou nesta segunda-feira (28) que vai elevar em 4% o preço médio do diesel em suas refinarias e em 5% o da gasolina a partir de terça-feira (29), em meio a uma alta do petróleo nas últimas semanas e uma desvalorização do real frente ao dólar nas últimos dias. A nova alta no preço dos combustíveis foi a segunda anunciada em duas semanas. 

Em 15 de dezembro, a estatal elevou o preço do diesel e da gasolina. Com a alta de 4%, o preço médio do combustível mais vendido do Brasil passará a ser de R$ 2,02 por litro. No acumulado do ano, a redução do valor é de 13,2%, segundo informou a Petrobras. Já o preço médio da gasolina da Petrobras para as distribuidoras será de R$ 1,84 por litro, acumulando no ano redução de 4,1%. 

Apesar da alta das cotações dos combustíveis da Petrobras na terça-feira, especialistas apontam a permanência de uma defasagem ante a paridade de importação. “Faz cerca de três semanas que a Petrobras trabalha com defasagem de mais de 10 centavos em relação ao mercado internacional e segue bem próxima a esse nível mesmo com o ajuste de hoje”, afirmou à Reuters o chefe da área de óleo e gás da consultoria INTL FCStone, Thadeu Silva. 

O repasse dos reajustes nas refinarias aos consumidores finais nos postos não é garantido, e depende de uma série de questões, como margem da distribuição e revenda, impostos e adição obrigatória de etanol anidro e biodiesel.

Duplo homicídio: uma mulher e um homem assassinados em Feira de Santana

 

Um duplo homicídio foi registrado em Feira de Santana, na comunidade Sem Terra, localizada no conjunto Viveiros, por volta das 22h30 de domingo (27).

De acordo com o delegado Gustavo Coutinho, que efetuou o levantamento cadavérico, populares informaram que indivíduos chegaram em um veículo e dispararam vários tiros contra as vítimas, um homem e uma mulher ainda não identificados.


“As vítimas estavam caídas ao solo, numa estrada vicinal próximo à BR-116, perto da ponte do Rio Jacuípe. O rapaz, aparentando ter aproximadamente 16 anos de idade, recebeu cerca de três disparos nas costas e um no braço e a mulher na região da cabeça. Eles não tinham nenhum tipo de identificação e os corpos foram encaminhados para o Departamento de Polícia Técnica (DPT) para serem reconhecidos por familiares, e a DH iniciar as investigações”.

Visita de Papai Noel com Covid-19 provoca 18 mortes em lar de idosos na Bélgica

 

Pelo menos 18 idosos, residentes de um asilo na Antuérpia, maior cidade da região de Flandres, na Bélgica, morreram de Covid-19 após a visita de um Papai Noel infectado com a doença no início de dezembro. No total, 121 residentes e 36 funcionários foram infectados no local. As informações são do jornal Extra. 

O homem que se fantasiou de Bom Velhinho descobriu que estava com a doença três dias após visitar o asilo. Durante a visita, muitos idosos não usavam máscara e não respeitavam o distanciamento social, além do local ser pouco ventilado. Apesar disso, um dos principais virologistas da Bélgica, Marc Van Ranst, da universidade KU Leuven, não acredita que uma pessoa só tenha sido capaz de causar tantas infecções, segundo informou o G1.

Carro fica preso em trilho e é arrastado por trem em SP


Câmeras de um circuito de segurança registraram o momento em que um trem atinge um carro em uma passagem de nível no Jardim Primavera, em Sumaré (SP), na tarde deste domingo (27). De acordo com a Polícia Militar, o motorista teria perdido o controle do veículo, que ficou preso na travessia localizada na Rua Luiz Vaz de Camões. 

O Samu foi acionado para o atendimento do motorista que, de acordo com a PM, teria sofrido apenas escoriações na mão. O G1 disse que entrou em contato com a Rumo, empresa responsável pelo trem, que destacou em nota que o maquinista acionou os procedimentos de emergência, mas não conseguiu para a composição. Além disso, a empresa destacou que a linha férrea é sempre preferencial e que atravessar uma passagem em nível sem antes parar é uma infração gravíssima.

Tanquinho: Duas pessoas morrem após batida entre carro e caminhão

Duas pessoas morreram após uma batida entre um carro em que eles estavam e um caminhão, na madrugada deste domingo (27), na BR-324, em trecho da cidade de Tanquinho, que fica a 56 quilômetros de Serrinha.

Conforme a Polícia Rodoviária Federal (PRF), o acidente aconteceu no km 470. Não há informações sobre a identificação das vítimas.

Segundo a PRF, o motorista do caminhão ficou ferido e foi levado para um hospital da região. O estado de saúde dele não foi informado.

Os corpos das vítimas foram levados para o Departamento de Polícia Técnica (DPT) de Feira de Santana.

Acidente aconteceu na madrugada deste domingo (27)

Duas pessoas morreram

Doméstica é esfaqueada por ex na frente das filhas de 5 e 6 anos em Mundo Novo

 

Em plena noite de Natal, mais um caso de feminicídio registrado na Bahia, dessa vez no município de Mundo Novo, na região da Chapada Diamantina, a 250 km de Serrinha. A doméstica Jenilde de Jesus Pinheiro, 24 anos, foi agredida com um murro no olho e recebeu cinco golpes de faca após seu ex-companheiro, Anselmo dos Santos Reis, 31, ter invadido a casa onde a vítima morava com as filhas pequenas pela porta dos fundos.

Segundo informações da 98ª Companhia Independente da Polícia Militar (CIPM), por volta das 20h30, policiais militares foram acionados para atender a uma ocorrência de tentativa de feminicídio na Rua do Hospital. Ao chegar ao local, a guarnição foi informada que Jenilde havia sido esfaqueada e que populares já haviam socorrido a vítima para o hospital municipal.

De acordo com o irmão da vítima, Jenilson de Jesus Pinheiro, 29, Jenilde estava em casa com as filhas de 5 e 6 anos, que presenciaram o crime. Ela chegou a ser transferida para o Hospital Clériston Andrade, em Feira de Santana, mas não resistiu aos ferimentos. Jenilde foi sepultada neste domingo (27), no cemitério municipal de Mundo Novo.

“A gente vai fazer de tudo para que as pessoas ajudem a localizar quem fez isso com minha irmã para que a polícia possa fazer o seu trabalho e não deixe ele sair impune. Minha irmã estava sob medida protetiva e o ex-marido ficava perseguindo ela, principalmente pelo Facebook. Não sei como ele conseguiu o número do telefone dela e chegou até a mandar mensagem dizendo que ela estava colocando outro homem dentro de casa”, afirmou.

Jenilson contou ainda que Jenilde e Anselmo namoravam desde a adolescência e viveram juntos por 13 anos. O casal estava separado há cerca de nove meses. “Ele só chegava em casa embriagado e sob efeito de entorpecentes, sempre transtornado, ameaçando que ia matar todo mundo. Minha irmã foi tomando medo e se separou”. O caso vai ser investigado pela Polícia Civil.

“Minha irmã era uma pessoa bastante amigável, onde chegava ela deixava amor. É um momento muito difícil, de muita dor, principalmente por que duas crianças vão ficar sem mãe. Nós queremos que as pessoas olhem para a foto de Jeny e não vejam só uma imagem. Outras mulheres podem estar precisando dessa ajuda urgente para não ser mais uma vítima como minha irmã foi”, lamenta.

QUEM RECUSAR VACINA E SE INFECTAR TERÁ DE CUSTEAR TRATAMENTO, DEFENDEM 69% DOS BRASILEIROS

 


Uma pesquisa feita pelo Senado aponta que 69% dos brasileiros defendem que quem escolher não tomar a vacina contra Covid e depois se infectar deve custear o próprio tratamento.

O levantamento foi feito pelo Instituto DataSenado.

25% responderam que esse paciente que optou por não se vacinar contra a Covid-19 não deve pagar por seu tratamento, e 7% não souberam ou não responderam.

Em outra resposta, 50% disseram que o brasileiro que escolher não ser vacinado receba punições como multa. 46% responderam que não, e 4% não souberam ou não responderam.

A pesquisa ouviu, por telefone, 2.400 brasileiros de 16 anos ou mais, de 24 de novembro a 3 de dezembro, proporcionalmente à população de cada estado.

47 funcionários estão com covid após festão de Carlinhos Maia, diz coluna

 

Quarenta e sete pessoas que trabalharam no Natal da Vila, festa organizada pelo humorista Carlinhos Maia, estão infectadas com a covid-19, segundo informações do colunista Erlan Bastos, do Observatório dos Famosos. Convidados da festa também ficaram doentes, como o ex-BBB Victor Hugo e a influenciadora Mileide Mihaile. Não é possível, contudo, dizer com certeza que todos se contaminaram na festa.

Segundo a coluna, dois desses trabalhadores estão internados em UTI de hospitais. Carlinhos Maia foi muito criticado por fazer uma festa em que se viram muitas cenas de aglomeração e poucas pessoas de máscara. Ele disse que teve autorização do poder de municipal de Penedo, sua cidade natal, para fazer a comemoração. Afirmou ainda seguir todos os protocolos e disse que estava ajudando o setor local de eventos.

A superprodução teve convidados como Ariadna Arantes, Gabi Martins, Gizelly Bicalho, Matheus Mazzafera, Gui Napolitano e Vanessa Giácomo, entre outros. Bastos diz que além dos que anunciaram que ficaram doente, alguns influenciadores que foram na festa estão omitindo o diagnóstico positivo para covid-19, como maneira de evitar novas críticas.

Ainda de acordo com o colunista, nem todos os convidados passaram por testes para detectar a covid-19 e em nenhum momento foi exigido que eles usassem máscaras, proteção orientada para ser usada em todos os momentos fora de casa pela Organização Mundial de Saúde (OMS). 

Homem é morto a facadas após briga em bar em Teofilândia

 

Um homem de 22 anos foi morto a facadas após uma briga em um bar na manhã desta sexta-feira, 25, por volta das 11h, em Teofilândia. Segundo apurado, a vítima, Givanildo Santos Ferreira, estava em um bar no povoado Barreiro, a 7 km da sede do município, quando teria começado uma discussão com outro cliente e entrando em luta corporal. 

Durante a briga, Givanildo foi esfaqueado no pescoço. As pessoas que estavam no local tentaram socorrer o homem, mas ele não resistiu aos ferimentos e morreu no local. O motivo da discussão é desconhecido.

A Polícia Militar foi acionada e conseguiu encontrar o autor do crime, que foi preso em flagrante por homicídio e encaminhado à Delegacia de Polícia Civil. O acusado tem 27 anos e foi identificado como James de Jesus Rodrigues.

Jovem é morto a tiros após ter casa invadida em distrito de Valente

 

Um jovem de 24 anos foi morto a tiros após ter a casa onde morava invadida por homens armados, na madrugada desta quinta-feira (24), no distrito de Valilândia, em Valente, na região do Sisal.

A vítima foi identificada como Igor Silva Costa. Segundo a polícia, o caso aconteceu por volta de 3h. Ainda não há detalhes sobre o que motivou o crime. Moradores do local não souberam informar características físicas dos criminosos.

O caso vai ser investigado pela Delegacia Territorial (DT) de Valente, que fica a 64 km de Serrinha. 

Segundo informações colhidas pela reportagem, a vítima já havia sofrido uma tentativa de homicídio em dezembro de 2019. Na ocasião, ele foi alvejado por seis tiros dentro de um bar do distrito.

Dupla suspeita de envolvimento com tráfico de drogas é presa em Conceição do Coité

 

Dois jovens de 22 anos foram presos por suspeita de envolvimento com o tráfico de drogas em Conceição do Coité, região sisaleira da Bahia, na noite desta quarta-feira (23). De acordo com informações da Polícia Militar, uma guarnição fazia patrulhamento pelo bairro Fluminense quando abordou um dos jovens em frente a uma barbearia. 

Segundo a PM, ele confessou que vendia drogas e indicou o endereço do segundo suspeito, onde havia feito uma entrega. Conforme a PM, o jovem ainda levou os policiais até a casa dele, onde foram apreendidas uma porção de maconha e outra de cocaína, além de uma balança precisão. A dupla foi encaminhada ao plantão regional da Polícia Civil em Serrinha.


Jovem é assassinado após ter casa invadida em distrito de Valente

 

O jovem Igor Silva Costa, de 24 anos, foi assassinado após ter a casa invadida na madrugada desta quinta-feira (24), no distrito Valilândia, pertencente ao município de Valente, região sisaleira da Bahia. Segundo informações da polícia, testemunhas relataram que o crime foi cometido por indivíduos armados que chegaram em um veículo não identificado e fugiram em seguida. Uma guarnição da Polícia Militar isolou o local até a chegada de uma equipe do Departamento de Polícia Técnica (DPT). Autoria e motivação do homicídio ainda são desconhecidas. O caso vai ser investigado pela Polícia Civil.

Jovem é baleado ao ter celular roubado em Conceição do Coité


Um jovem de 23 anos foi baleado em Conceição do Coité, região sisaleira da Bahia, na noite desta terça-feira (22). Segundo a Polícia Militar, a vítima contou que teve o aparelho celular roubado por dois indivíduos quando trafegava na zona rural do município, sendo que um dos criminosos atirou contra ele. 

Conforme a PM, por volta das 21h30, uma guarnição foi informada que o jovem havia dado entrada no hospital local, com ferimentos na altura do abdômen, e que ele aguardava transferência para outra unidade em Feira de Santana. O quadro de saúde da vítima era estável. A polícia disse que fez buscas, mas não encontrou nenhum suspeito de ter praticado o crime.

Desemprego na pandemia atinge 14,2% em novembro e bate novo recorde

 

O desemprego diante da pandemia do coronavírus bateu novo recorde em novembro, de acordo com dados divulgados nesta quarta-feira (23) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). 

Segundo o levantamento, o Brasil encerrou o mês de novembro com um contingente de 14 milhões de desempregados, aumento de 2% frente a outubro (13,8 milhões), e de 38,6% desde maio (10 milhões), quando começou a série da pesquisa. Com isso, a taxa de desemprego ficou em 14,2% em novembro, ante 14,1% no mês anterior e 10,7% em maio. 

Os dados são da última edição da PNAD Covid-19, lançada neste ano pelo IBGE para identificar os impactos da pandemia no mercado de trabalho e para quantificar as pessoas com sintomas associados à síndrome gripal no Brasil. O desemprego vem renovando recordes sucessivos no país desde julho à medida em que trabalhadores que perderam sua ocupação na pandemia passaram a buscar um emprego em meio ao relaxamento e flexibilização das medidas de restrição. 

“Esse aumento da população desocupada ocorreu, principalmente, na região Nordeste. Nas demais regiões ficou estável, sendo que no Sul houve queda na desocupação”, destacou a coordenadora da pesquisa, Maria Lucia Viera.

Anvisa e PF apuram suposta venda de vacina em Madureira após posts repercutirem

 

Uma série de postagens relatando uma suposta venda de vacinas contra o novo coronavírus em Madureira, na Zona Norte do Rio, culminou numa investigação pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) e pela Polícia Federal. O produto estaria sendo ofertado por cerca de R$ 50, com R$ 10 adicionais para aplicação. O autor de uma das publicações, identificado como Jones MFjay, admitiu, contudo, ter feito o post mais para brincar com algo inusitado que teria testemunhado do que realmente levantar suspeitas de um crime.

Nas redes sociais, circula uma foto que mostra a mão de uma pessoa segurando uma embalagem da vacina produzida pelo Instituto de Produtos Biológicos de Pequim, parte do Grupo Nacional Biotec da China (CNBG, na sigla em inglês), do Grupo Nacional Farmacêutico chinês (Sinopharm).



O produto é, portanto, de um laboratório diferente daquele que fez tratos com o Brasil. A vacina referente às pesquisas realizadas no Instituto Butantan, em São Paulo, é a CoronaVac, do laboratório Sinovac Biotech.

Entre os relatos, há postagens que mencionam haver venda de vacina nas ruas não só de Madureira, como também nas de Bangu, na Zona Oeste, e em Alcântara, em São Gonçalo, Região Metropolitana.

"Em relação às ações, a questão está sendo investigada pela Anvisa e pela Polícia Federal", informou a agência reguladora, acrescentando não poder por enquanto oferecer mais detalhes sobre o caso.

"De toda forma podemos adiantar que qualquer comercialização ou aplicação de vacina de Covid-19 hoje no Brasil é atividade irregular e oriunda de falsificação, pois não há vacinas autorizadas no Brasil ainda", destacou. "As vacinas que foram importadas estão com as instituições de pesquisa e somente os voluntários selecionados para as pesquisa puderam ser vacinados. Ainda assim, a vacina da Sinopharm não tem pesquisa no Brasil e por isso não entrou no país".



Portanto, se houver comercialização no país de produtos que se passam pela vacina contra Covid-19 com a embalagem da Sinopharm em camelôs, websites ou quaisquer outros meios, tratam-se de materiais falsos ou que entraram no Brasil ilegalmente.

Quanto ao risco de golpes, a Interpol emitiu um alerta global de nível laranja no início deste mês para autoridades policiais de seus 194 estados membros. O comunicado pede cautela com relação a redes do crime organizado que podem tentar vender, de forma física ou online, vacinas falsas ou roubadas.

Secretário geral da Interpol, Jürgen Stock disse, segundo o jornal britânico "The Guardian", que facções criminosas podem planejar "se infiltrar ou interromper as cadeias de abastecimento e também visar o público por meio de sites falsos e curas falsas que podem representar um risco significativo para sua saúde, até mesmo para suas vidas". Uma ação deste tipo foi classificada por ele como "comportamento criminoso oportunista e predatório sem precedentes".

Um repórter do jornal chinês "Global Times" acessou a plataforma WeChat, que funciona de modo semelhante ao WhatsApp, para comprovar que ali eram efetuadas vendas ilegais de vacinas. Segundo a reportagem sobre o caso, o jornalista se passou por um estudante que desejava se imunizar para fazer uma viagem. Ele acabou recebendo uma oferta de duas doses da vacina da Sinopharm por valor equivalente a R$ 2,3 mil em um hospital de Pequim.

"Muitos como você me procuraram pedindo acesso rápido, e ninguém relataram qualquer reação adversa séria até agora", acrescentou o criminoso.

Outros casos foram averiguados nas redes sociais chinesas com preços de até R$ 5,5 mil, tanto para as duas doses da Sinopharm quanto Sinovac, que custam oficialmente cerca de R$ 160 cada dose.

Ao "Global Times", ambos laboratórios negaram que tenham confiado a qualquer indivíduo ou agente a venda de vacinas sem autorização e alertaram o público para não acreditar em tais anúncios.

A Administração de Alimentos e Medicamentos dos Estados Unidos (FDA, na sigla em inglês), correspondente ao que a Anvisa é no Brasil, também emitiu um alerta sobre o risco de venda ilegal tanto de vacinas contra Covid-19, quanto de remédios de uso questionável ou testes de coronavírus.

"Algumas pessoas e empresas estão tentando lucrar com essa pandemia vendendo produtos não comprovados e comercializados ilegalmente que fazem alegações falsas, como serem eficazes contra o coronavírus", afirma o órgão norte-americano. "Esses produtos fraudulentos que afirmam curar, tratar ou prevenir Covid-19 não foram avaliados pelo FDA quanto à segurança e eficácia e podem ser perigosos para você e sua família".

Diante do comércio ilegal, a organização tem atuado em parceria com varejistas para remover produtos enganosos das prateleiras e da internet. As empresas flagradas comercializando materiais fraudulendos, como chás e óleos essenciais que são propagandeados como itens contra o coronavírus, têm sido notificadas pelo governo dos EUA.

"Desconfie de produtos que afirmam tratar uma ampla gama de doenças", afirma o FDA.

"Por exemplo, o FDA está ciente de pessoas que estão tentando prevenir COVID-19 tomando um produto chamado fosfato de cloroquina, que é vendido para tratar parasitas em peixes de aquário. Produtos para uso veterinário ou para 'uso somente em pesquisa' podem ter efeitos adversos, incluindo doenças graves e morte, quando tomados por pessoas".

Mais de 80% da população deve ser vacinada para combater circulação do coronavírus, afirma infectologista

 

“Não vamos ter medo da vacina, a gente precisa ter medo da doença que está matando milhões de pessoas no mundo (...)"

A médica infectologista Ceuci Nunes é diretora-geral do Instituto Couto Maia (Icom), um dos primeiros hospitais a receberem os pacientes de Covid-19 na Bahia. Nesta breve entrevista, ela responde perguntas e fala sobre a importância da vacina, especialmente diante do grande número de notícias falsas circulando nas redes sociais. Para ela, a vacina contra a Covid-19 surge rapidamente, impulsionada pela existência da pandemia, que uniu cientistas de todo o mundo na pesquisa em busca da cura, e também pelo estágio de desenvolvimento tecnológico que o planeta alcançou.

Para a infectologista, a rapidez na produção da vacina não coloca em cheque a segurança nem a eficácia do medicamento. Ceucí também destaca que, para que o vírus pare de circular, como foi a erradicação da varíola, é preciso que grande parte das pessoas seja imunizada – mais de 80% da população. “Não vamos ter medo da vacina, a gente precisa ter medo da doença que está matando milhões de pessoas no mundo. A vacina é a luz no fim do túnel. A gente precisa é pedir ao Ministério da Saúde, aos governantes, que consigam vacinas, as mais diversas, para todos os brasileiros”.


Pelo menos cinco vacinas diferentes foram desenvolvidas em prazo inferior a um ano. Essa velocidade causa algum tipo de insegurança em relação à vacina e sua eficácia?
À primeira vista, a gente acha que é um tempo pequeno demais. A vacina mais rápida que existiu foi a vacina da Caxumba, que foi desenvolvida em quatro anos. Mas o que a gente está vivendo é um novo momento da humanidade. É um momento em que tudo tem sido mais rápido. E a Covid-19, por ser uma pandemia, ela também precisou que essa velocidade fosse trazida para as vacinas, mas não ao custo da segurança e da eficácia, porque vários testes foram feitos com milhares de pessoas ao redor do mundo, de cada uma dessas vacinas que estão sendo colocadas e aprovadas pelas agências reguladoras. Isso é uma coisa muito boa porque as agências são muito rígidas na aprovação de vacinas.

A vacina funciona da mesma forma para todas as faixas etárias?
A gente não tem certeza disso ainda. As vacinas não foram testadas em crianças. Elas foram feitas para adultos, porque são as principais e as mais graves vítimas da Covid-19. Mas é muito possível que elas também funcionem bem em crianças. As vacinas que a gente tem até agora são reguladas. Elas são aprovadas para maiores de 18 anos.

Quem tem alergia pode tomar essas vacinas?
Quem tem alergia grave, chamada de anafilaxia e conhecida popularmente como choque anafilático, pode tomar a vacina, mas em locais apropriados para que sejam assistidas e tratadas, em caso de reação alérgica. Um exemplo são as unidades hospitalares que têm um pronto-atendimento.

No caso de quem apresentou reação alérgica, essa pessoa ainda está imunizada?
A reação alérgica não impede a imunização da pessoa. A reação alérgica tem que ser tratada na hora. O que foi visto até agora são as reações alérgicas acontecendo em alguns casos e sendo tratadas. Não foi registrada nenhuma morte por reação alérgica. E isso não impede nenhum efeito da vacina.
 
Todas as vacinas necessitam de ultrarrefrigeradores como os que estão sendo adquiridos pela Bahia?
A maioria das vacinas de Covid está sendo desenvolvida para ser armazenada na mesma temperatura das outras vacinas, que é de dois a oito graus centígrados. Duas dessas vacinas, as vacinas de RNA, precisam ser armazenadas em freezers de – 70º, -80º centígrados.

A Bahia tem preferência por alguma das vacinas que estão sendo desenvolvidas?
A Bahia tem já um acordo assinado com a Rússia, para a utilização da Sputnik. Mas qualquer vacina que o Ministério da Saúde vá adquirir será utilizada na população brasileira e nos baianos também.

Quais são as contraindicações das vacinas contra a Covid?
As contraindicações das vacinas são muito poucas. Por quê? Porque elas não são vacinas de organismos vivos, como a gente tem outras vacinas no Brasil, como a febre amarela, sarampo, que são contraindicadas em pessoas com imunodeficiência. As vacinas contra a Covid não, [pois] elas são de micro-organismos inativados ou partículas de micro-organismos. Então, as pessoas que têm alergia aos componentes da vacina é que vão precisar ter um maior cuidado para utilizá-la.

Recentemente, o Reino Unido identificou uma mutação do vírus. As vacinas desenvolvidas são eficazes mesmo com essa mutação?
Os dados preliminares mostram que, mesmo com essa nova cepa do coronavírus, as vacinas são eficazes e seguras. É claro que estudos ainda estão sendo implementados, mas tudo indica que não vai afetar a vacina.

Qual a importância da vacina para a imunização em massa, e não só do indivíduo? É importante que grande parte da sociedade seja imunizada?
Vacina não é uma questão individual. É uma questão de proteção individual, mas principalmente de proteção coletiva. Para que uma vacina seja eficaz, para que a vacina impeça mesmo um grande número de casos, é preciso que cerca de 80 a 85% da população esteja vacinada.

Qual a importância da vacina, ao longo da história, no controle das grandes pandemias?

As vacinas são importantíssimas no controle de doenças infecciosas, inclusive de pandemias. Por exemplo, a H1N1, que a gente conseguiu controlar. A H1N1 ainda existe entre nós, mas numa quantidade muito pequena de casos porque nós temos anualmente a vacina da gripe, que contém também a Influenza H1N1. Isso é super importante. Nós já conseguimos erradicar do mundo a varíola, erradicar da maior parte do mundo a poliomielite, eliminar de diversos lugares o sarampo, e alcançamos uma redução enorme da catapora. Então, a vacina é de uma importância imensa para a humanidade. Inclusive é um dos quatro fatores que implicaram na sobrevida da humanidade, que passou de 40 anos no início do século XX para quase 80 anos agora.

PF investiga desvio de recursos destinados ao combate da Covid-19 em cidade baiana


A Polícia Federal deflagrou na manhã desta terça-feira (22), em conjunto com a Controladoria Geral da União, operação visando combater crimes de fraude a licitação e de desvios de recursos públicos relativos à contratação de empresa especializada na terceirização de mão-de-obra para atender às demandas temporárias da Prefeitura Municipal de Ilhéus, no sul da Bahia, para enfrentamento à pandemia de Covid-19.

Estão sendo cumpridos nove mandados de busca e apreensão expedidos pela Justiça Federal, em Ilhéus e na cidade de Itororó.

Segundo a PF, as investigações tiveram início em agosto deste ano e apontam a existência de direcionamento, por parte da Secretaria Municipal de Saúde de Ilhéus, na contratação de empresa para fornecimento de mão-de-obra especializada (médicos, enfermeiros, psicólogos, entre outros profissionais), por meio de dispensa de licitação, bem como superfaturamento dos serviços contratados.

Ainda segundo a Polícia Federal, a empresa investigada já recebeu mais de 2,5 milhões de reais do Fundo Municipal de Saúde, e conforme apurado em auditoria realizada pela CGU, apenas no mês de junho, o superfaturamento superou 110 mil reais.

Conforme a PF, foram constatados também indícios de outros crimes, como o não pagamento de encargos trabalhistas e a apropriação indébita previdenciária, pelo não repasse ao INSS das contribuições descontadas dos contratados.

Os investigados responderão pelos crimes de fraude a licitação, apropriação indébita previdenciária, estelionato, peculato e corrupção passiva.

Vacina chega ao Brasil 'na pior das hipóteses em fevereiro', promete Pazuello

 

Durante audiência da comissão externa da covid-19, na Câmara dos Deputados, nesta terça-feira (22), o ministro da Saúde afirmou que a vacina contra o coronavírus estará disponível no “fim de janeiro na melhor hipótese, e fim de fevereiro, na pior”.

“Estamos nos preparando para iniciar 2021 com a vacina, se Deus quiser, assim que registrada pela Anvisa ou aprovada para que a gente possa utilizar, e entregue na hora que tiver de ser para vacinar a população como um todo. Previsão nossa, como sempre, fim de janeiro na melhor hipótese e fim de fevereiro, na pior hipótese. Mas estamos caminhando forte para podermos ter vacina de várias matizes e entrega o mais rápido possível”, afirmou Pazuello.

Países como Estados Unidos, China, Rússia e Israel já começaram a vacinação, mas o Brasil, apesar de o plano nacional de imunização ter sido lançado na última semana, segue ainda sem a data de início.

Na última sexta-feira (18), a Câmara aprovou a Medida Provisória 1003/20, que autoriza a adesão do Brasil à aliança internacional, chamada de Covax Facility, para aquisição da vacina contra a covid-19, e flexibiliza prazos de análise da Anvisa.

Anvisa certifica fábrica da Sinovac na China, responsável pela produção da CoronaVac

 

Órgão concedeu certificação de boas práticas de fabricação à empresa chinesa após viagem de técnicos e observadores do Instituto Butantan. Etapa é um dos pré-requisitos para processo de registro da vacina.

A Anvisa publicou desta segunda-feira (21) a certificação de Boas Práticas de Fabricação para a fábrica da vacina da Coronavac.

A conclusão foi feita pela equipe da Anvisa e de observadores Instituto Butantan que viajou à China para inspecionar a produção da vacina da farmacêutica Sinovac.

O grupo esteve no país entre 30 de novembro até 4 de dezembro para inspeção e reuniões com os executivos da empresa.

Segundo a nota publicada no Diário Oficial, o Instituto Butantan enviou o plano de ação para Anvisa na quarta-feira (16). Já a conclusão da equipe técnica foi finalizada no último domingo (20).

A autorização foi publicada 10 dias antes da previsão inicial definida pela agência.

O certificado tem validade de dois anos e é um do pré-requisitos tanto para o processo de registro da vacina no Brasil, quanto para um eventual pedido de autorização para uso emergencial.

Equipe inspetora da Anvisa e observadores do Butantan à esquerda e alta direção da empresa Sinovac
 à direita — Foto: Pearson/Anvisa

CoronaVac em São Paulo

A certificação da Sinovac acontece no mesmo dia que o Instituto Butantan anunciou que foi concluída a terceira e última fase de testes clínicos da vacina CoronaVac, que desenvolve em parceria com o laboratório chinês.

Pelas redes sociais, o Butantan também anunciou nesta segunda que "os resultados [da fase 3] serão encaminhados para a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa)", e que, "em breve, a primeira vacina brasileira contra o Covid-19 estará pronta".

A previsão do instituto é divulgar os resultados da fase 3 nesta quarta-feira (23).

Pai de vereador de Serrinha morre após pneu de caminhão estourar na BA-120, em Queimadas

 

Foto: Reprodução

O comerciante José Moreira de Souza, de 61 anos, morador de Serrinha, morreu na tarde desta segunda-feira (21) após se envolver em um acidente na rodovia BA-120, trecho da cidade de Queimadas, na região sisaleira da Bahia.

Segundo informações da polícia, o idoso perdeu o controle da direção do caminhão-baú que dirigia nas imediações da localidade conhecida como Fazenda Paraíso, após um dos pneus do veículo estourar.

O corpo da vítima ficou preso entre às ferragens. O veículo estava carregado com ovos e outros gêneros alimentícios.

De acordo com testemunhas, outros dois homens que estavam no caminhão foram socorridos e levados para o hospital de Queimadas, com ferimentos leves. O quadro de saúde deles é estável.

Equipes das polícias Militar e Rodoviária Estadual, além da Guarda Municipal e do Departamento de Polícia Técnica (DPT) foram acionadas e estiveram no local do acidente.

José Moreira era pai de ‘Zé do Sedex do Ovo’, que é vereador do município de Serrinha. Com informações do Notícias de Santaluz.