Sanfoneiro do Caciques do Nordeste é assassinado em Quixabeira

 Sanfoneiro do Caciques do Nordeste é assassinado em Quixabeira


As primeiras informações dão conta que o músico foi assassinado por um membro da própria família

O empresário e músico Jeovane Souza, foi morto no início da noite deste domingo (06), com um tiro na cabeça no povoado Pimenteira, no município de Quixabeira na Bacia do Jacuípe. De acordo com informações preliminares do site RF Notícias, o suspeito do crime é um integrante da própria família do empresário.

Foto de 2013 – Jeovane na sanfona

Jeovane era sanfoneiro da Banda Caciques do Nordeste desde 2009, segundo o proprietário da banda Adelino Oliveira, popularmente conhecido por Deco, por conta da pandemia ele não vinha tocando. Além de atuar no ramo musical, Jeovane dirigia restaurante de comida japonesa Aoyama em Capim Grosso.

Olivan Monteiro e Jeovane

De acordo com o Site Jacuipe News recentemente ele participou de um live do cantor Olivan Monteiro em Riachão do Jacuípe e em Pé de Serra sua terra natal com Marinho da Sela Vaqueira, Jarbas Borges e vários outros.

Ainda não há informações concretas sobre o autor do crime, nem quais as circunstâncias.

Nenhum comentário:

Postar um comentário