Após medida protetiva, mulher é morta com 20 facadas pelo ex-companheiro em Serrinha

 

Uma mulher morreu após ser esfaqueada na tarde desta sexta-feira (11), no povoado Boa Vista II, na cidade de Serrinha. Conforme a Polícia Civil, o suspeito é o ex-companheiro da mulher. Ele fugiu após cometer o crime, mas foi encontrado quatro horas depois. 

Ao Portal Cleriston Silva, a Polícia Civil informou que uma equipe da Delegacia Territorial (DT) foi acionada por volta de 13h30, para atender denúncia de uma mulher esfaqueada, na zona rural. 

A vítima, identificada como Nilza Jesus do Nascimento, de 29 anos, foi socorrida e levada por populares para o Hospital Municipal, mas não resistiu aos ferimentos. Segundo apurou o PCS, informações iniciais apontam que a mulher levou ao menos 20 golpes no peito, abdômen, costas, braços e cabeça. 

Equipes da Companhia de Emprego Tático Operacional (CETO) do 16º Batalhão de Polícia Militar (BPM) fizeram diligências e localizaram o suspeito Sandoval Gomes dos Santos, de 36 anos, no povoado Lagoa do Velho, em Barrocas. 

Ainda segundo informações colhidas pela reportagem, a vítima tinha procurado a Justiça para pedir uma medida protetiva em junho deste ano após ter sido agredida pela acusado. O pedido foi deferido. O crime teria sido motivado pelo término do relacionamento.

Acusado foi preso por equipes da PM; crime teria sido motivado pelo término do relacionamento




Nenhum comentário:

Postar um comentário