Bahia registra 17 mortes por covid-19 em 24h e total sobe para 312

Estado tem 8.881 casos confirmados do coronavírus, com 2.407 pacientes curados

A Bahia registrou mais 17 mortes por covid-19 nas últimas 24 horas e alcançou o total de 312 fatalidades por causa da doença. Os números foram atualizados pelo governador Rui Costa durante live nas redes sociais no fim da tarde desta segunda-feira (18). No boletim anterior publicado pela Secretaria da Saúde (Sesab), no domingo (17), o estado tinha 295 óbitos, o que representa um aumento de 5,76% entre os dois dias.
Há 8.881 diagnósticos do novo coronavírus na Bahia. São 438 infectados a mais que o levantamento da véspera, quando eram 8.443 contaminados (5,18%). Seis cidades tiveram suas primeiras confirmações: Caém, Teofilândia, Piritiba, Cardeal da Silva, Mutuípe e Urandi.
De acordo com Rui, 6.162 casos são ativos - ou seja, os pacientes ainda apresentam os sintomas da doença e seguem monitorados pela vigilância epidemiológica. Já outras 2.407 pessoas são consideradas curadas. 
Segundo a Sesab, porém, 300 dos 8.881 casos confirmados aguardam reconhecimento dos municípios e não foram incluídos na análise do boletim. Assim, os dados apresentados nesta segunda (18) consideram apenas os 8.581 infectados já com definição das cidades.
s diagnósticos foram dados em 211 municípios do estado, com maior proporção em Salvador (62,07%). Há 1.086 profissionais da saúde que testaram positivo para a covid-19. 
Em relação às mortes, dos 17 óbitos registrados na Bahia nas últimas 24 horas, 16 aconteceram em Salvador. 
  • 296º óbito – mulher, 73 anos, residente em Canavieiras, comorbidades doença cardiovascular, doença do sistema nervoso, veio a óbito dia 12/05, em unidade da rede pública de Salvador.
  • 297º óbito – mulher, 89 anos, residente em Salvador, comorbidades hipertensão arterial, diabetes, asmática, doença de Alzheimer avançada, hipotireoidismo, veio a óbito dia 17/05, em hospital filantrópico em Salvador.
  • 298º óbito – homem, 81 anos, residente em Salvador, comorbidade doença de Parkinson, veio a óbito dia 12/05, em hospital da rede privada de Salvador.
  • 299º mulher, 66 anos, residente em Itiuba, comorbidades hipertensão arterial e neoplasia, veio a óbito dia 04/05, em hospital da rede pública de Salvador.
  • 300º óbito – mulher, 54 anos, residente em Salvador, sem comorbidades, veio a óbito dia 16/05, em hospital da rede filantrópica de Salvador.
  • 301ª óbito – mulher, 63 anos, residente em Salvador, comorbidades doença pulmonar obstrutiva crônica, hipertensão arterial, obesidade, veio a óbito dia 12/05, em hospital da rede pública, em Salvador.
  • 302º óbito – homem, 82 anos, residente em Salvador, comorbidades hipertensão arterial e doença de Alzheimer, veio a óbito dia 13/05, em hospital da rede pública em Salvador.
  • 303º óbito – homem, 65 anos, residente em Salvador, comorbidades hipertensão arterial e diabetes, veio a óbito dia 16/05 em hospital filantrópico em Salvador.
  • 304º óbito – mulher, 65 anos, residente em Salvador, comorbidades hipertensão arterial, diabetes, doença cardiovascular, veio a óbito dia 17/05, em hospital filantrópico em Salvador.
  • 305º óbito – mulher, 88 anos, residente em Salvador, comorbidades neoplasia e hipertensão arterial, veio a óbito dia 17/05, em hospital filantrópico, em Salvador.
  • 306º óbito – mulher, 77 anos, residente em Salvador, comorbidades doença cardiovascular e diabetes, veio a óbito dia 16/05, em hospital filantrópico, em Salvador.
  • 307º óbito – homem, 52 anos, residente em Dias D’Ávila, comorbidade doença cardiovascular crônica, veio a óbito dia 09/05, em hospital filantrópico, em Salvador.
  • 308º óbito – mulher, 75 anos, residente em Lauro de Freitas, comorbidade doença cardiovascular crônica, veio a óbito dia 09/05, em hospital da rede privada, em Lauro de Freitas.
  • 309º óbito – mulher, 55 anos, residente em Salvador, comorbidades não informado, veio a óbito dia 13/05, em unidade da rede pública, em Salvador.
  • 310º óbito – homem, 81 anos, residente em Salvador, comorbidades não informado, veio a óbito dia 12/05, em hospital da rede pública, em Salvador.
  • 311º óbito – homem, 79 anos, residente em Salvador, comorbidades não informado, veio a óbito dia 14/05, em unidade da rede pública, em Salvador.
  • 312º óbito – homem, 61 anos, residente em Salvador, sem comorbidades, veio a óbito dia 07/05, em hospital da rede pública, em Salvador.
Na Bahia, dos 1.246 leitos disponíveis do Sistema Único de Saúde (SUS) exclusivos para pacientes com coronavírus, 662 estão ocupados (53%). Já entre os 518 leitos de UTI adulto e pediátrico destinados apenas a infectados com a covid-19, 332 possuem pessoas internadas (64%).
"Cabe ressaltar que o número de leitos é flutuante, representando o quantitativo exato de vagas disponíveis no dia. Intercorrências com equipamentos, rede de gases ou equipes incompletas, por exemplo, inviabilizam a disponibilidade do leito. Ressalte-se que novos leitos são abertos progressivamente mediante o aumento da demanda", afirma a Sesab.
O Laboratório Central de Saúde Pública da Bahia (Lacen-BA) realizou 36.007 exames do tipo RT-PCR, que é o padrão ouro para identificar o genoma viral do coronavírus, entre o dia 1° de março e esta segunda-feira (18). Atualmente, 3.476 amostras estão em análise laboratorial e os exames são liberados em até 48 horas.
O boletim epidemiológico ainda registra 28.423 casos descartados e 69.717 notificações em toda a Bahia. Estes dados representam notificações oficiais compiladas pelo Centro de Informações Estratégicas em Vigilância em Saúde da Bahia (Cievs-BA), em conjunto com os Cievs municipais.

Comentários